Ministro Urbino Botelho, recebeu em Audiência o Sr. Philip Ruddock, Enviado Especial do Primeiro-Ministro Australiano para os Direitos Humanos Destaque

O Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Urbino Botelho, recebeu em audiência na tarde de sexta-feira dia 19 de Maio, Sr. Philip Ruddock, enviado especial do Primeiro-ministro Australiano para os Direitos Humanos, que veio acompanhado pelo Embaixador Australiano acreditado para São Tomé e Príncipe, Sr. Peter Brian Rayner.

Em conversa amena, falaram um pouco sobre São Tomé e Príncipe, e nas possíveis simbioses que se Poderão desenvolver entre os dois países.

São Tomé e Príncipe foi um dos países seleccionados, para promover a candidatura da Austrália para a adesão do Conselho de Direitos Humanos (HRC) para o período 2018-20, bem como promover a ampla agenda Australiana nesse âmbito, onde consta a liberdade de expressão, igualdade de género, os direitos dos povos indígenas e as instituições nacionais de direitos humanos a abolição global da pena de morte, para a qual ele
trabalhou incansavelmente durante muitos anos.

Sr. Ruddock foi um distinto membro do Parlamento australiano entre 1973 a 2016 data da sua aposentadoria, é o actual Presidente da Comissão Parlamentar Mista de Direitos Humanos, bem como membro de longa data da Amnistia Internacional, e é o primeiro enviado especial da Austrália para os Direitos Humanos, reflectindo o compromisso do governo de fortalecer ainda mais a contribuição da Austrália para o avanço dos direitos humanos.

MNEC 22.05.2017

Modificado em quinta, 25 maio 2017 12:44

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

Nossa Localização

Avenida Marginal 12 de Julho, Edificio Ministério dos Negócios Estrangeiros e Comunidades.

C.P. 101 - São Tomé, São Tomé e Príncipe

Visite-nos

Fale connosco

Par qualquer informação ou solicitação dos nossos serviços.

Fale connosco aqui

Liga-nos +239 222 2309

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.